Bocal EF - Porque é tão difundido?

Atualizado: Nov 4

O bocal EF da Canon é hoje um dos mais populares do mercado, com diversas câmeras sendo ofertadas com essa entrada. Mas você sabe o porquê? Vem cá que a Orbe te explica.


1987 - Bocal EF é inventado


A Canon lançou o bocal EF em 1987, para câmeras SLR 35mm, em substituição do bocal FD vigente. EF significa "electro focus", isso devido a uma nova tecnologia que a Canon desenvolveu para o auto-foco. Na época, o foco eletrônico era feito por um motor interno da câmera que girava um mecanismo para ajustar o foco da lente. A grande sacada foi colocar um motor nas próprias lentes para fazer esse trabalho, para isso a comunicação entre equipamentos se dá por contatos, como vemos na imagem acima, que provê energia e dados da câmera para lente e vice-versa. Isso permitiu mais precisão e uma série de avanços que poderiam ser atingidos por novas lentes que seriam lançadas posteriormente.


Outro grande avanço desse bocal é o fato dele poder ser manipulado com uma mão só. O antigo bocal FD precisava de duas mãos, uma para segurar a lente e outra para girar o anel de trancamento. Enquanto no caso do bocal EF, por usa própria construção, ao girar a lente no encaixe, o ponto de fixação é atingido. E para tirar é bem fácil apertar com um dedo o botão para destravar a tranca e com a mesma mão girar a lente para tirá-la da câmera.


Versatilidade


Esse bocal tem uma curiosidade interessante, quando foi desenvolvido era o maior diâmetro, 54mm, dentre as câmeras SLR 35mm. Isso permite que seja possível usar diversos tipos de lente numa câmera EF, através de adaptadores. Por exemplo, as Leica R, super se adaptam ao bocal EF por adaptador, oooou, se você é esperto como a Orbe Cam, manda fazer um cinemod que já adapta as lindas e maravilhosas Leica R para bocal EF. Temos um super post aqui Leica R, Conheça as Lendárias. Adaptadores são outro tópico que falaremos em breve, então segure um pouco esse assunto. Mas o que você precisa saber é que há câmeras que são compatíveis usando adaptadores simples e outras que precisam de adaptadores com elemento óptico para abarcar uma lente EF, então fique atento a esse detalhe, pois isso pode interferir bastante no seu projeto.


Lentes de Terceiros


Falando em versatilidade, diversos fabricantes tem suas respectivas linhas de lentes EF, como Yongnuo, Samyang, Schneider, Sigma, Tamron, Tokina, e Carl Zeiss. Sendo esse último impossibilitado de usar o auto-foco e a abertura eletrônica por não possuir direitos sobre essa tecnologia da Canon. Já as outras desenvolveram suas tecnologias a partir de engenharia reversa. Mas logicamente, a Canon não cobre o uso desses terceiros e diversos problemas podem surgir por incompatibilidade. Porém, ao longo dos anos essas fabricantes vão corrigindo esses mesmos erros e tem lançado constantemente novas lentes bocal EF.


Controle É Tudo!


Por essa comunicação com a câmera e por ter um motor interno, as lentes EF foram sendo apresentadas cada vez com diferentes controles específicos, como dito anteriormente, trazendo diversas inovações. Aqui vamos falar de alguns controles mais difundidos que podemos achar em lentes bocal EF:


- Botão auto-foco (claro, rs)

- Botão estabilizador de imagem

- Botão de alcance limite da distância focal

- Visor de escala da distância



Enfim, poderíamos nos aprofundar em cada parágrafo desse post, mas ficamos com essa ótima introdução ao assunto. Agora você já sabe um pouco melhor sobre essa tecnologia incrível e que talvez você nem pensasse sobre antes. E se quiser conferir equipamentos que usem o bocal ef, é só dar uma conferida em nosso site. Aquele abraço!

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo